quarta-feira, 8 de junho de 2016

Quinze Perguntas a: BRUNO ANTUNES (Entrevista ao Mentor da RFL)


Bruno de Almeida Antunes, nasceu a 4 de Maio de 1983 (33 anos) em Paris (França), filho de emigrantes de Rossas – Arouca.
É formado em Educação Física e Desporto pelo ISMAI, tirou também o Curso UEFA BASIC - Nível II.

Treinou todos os escalões de formação do FCA, Esteve na Academia do Sporting CP em Vale Cambra, foi Coordenador do Departamento de Futebol Juvenil do FCA em 2013/2014, esteve a Scouting da equipa sénior do FCA nas temporadas 2012/2013 e 2013/2014. Na temporada passada (2014/15) foi treinador principal da equipa sénior da A.D. Valecambrense. Esta época que agora findou começou como treinador principal do G.D.S.C. Alvarenga, sendo mais tarde substituído pelo também nosso amigo e concorrente da RFL, AA MATOS.

Este é o homem de quem se fala, pois é também e além de tudo o que aqui já foi dito, o Mentor (criador e dinamizador) da ROSSAS Fantasy League (RFL). Ele no final desta época, viu o seu trabalho reconhecido, já que ficou em 3º LUGAR A NÍVEL NACIONAL, a escassos 3 pts do Campeão Português, o que é um feito notável…

Como terminou agora a época futebolística (2015/16), resolvi colocá-lo ‘debaixo de fogo’ e lançar-lhe um questionário completo e objectivo de quinze questões, até porque sem ele saber como conseguiu ser o Vencedor da maior competição que temos. Mas fez muito mais do que isso, ele foi o TERCEIRO MELHOR A NÍVEL NACIONAL, sim, é verdade, ele ficou a apenas 4 pts de ser o MÁXIMO VENCEDOR PORTUGUÊS….


1. O que te levou a criar, em AGOSTO 2008, a Rossas Fantasy League (RFL)?
Bruno Antunes - Sempre fui um apaixonado pelo Futebol e em particular pela Premier League. Um dia ao visitar o site da Premier League, vi a existência deste jogo online. Achei interessante e falei com uns amigos para participarmos. Nascia assim a ROSSAS FANTASY LEAGUE (RFL).


2. Qual era o teu objectivo principal, quando tomaste tal decisão?
B. A. -- Muito sinceramente? Diversão. Adorei a ideia de poder juntar uns amigos a divertirem-se com um jogo de futebol. E, sobretudo, sendo um jogo online onde até amigos que estejam distantes podem jogar e estar sempre ligados a nós, como veio realmente a suceder, até com pessoas que estão emigradas.


3. Esperavas muito sinceramente que a RFL atingisse a projecção que tem hoje e tivesse o sucesso que tem, quer a nível da adesão (77 participantes até à data) quer a nível da competitividade?
B. A. -- Sinceramente não! Essa projecção só foi possível devido ao trabalho inexcedível do Miguel Brandão e do Rui Garrido, aos quais desde já faço louvor e agradeço do fundo do coração.

Relativamente a esse número de 77 participantes, acredito sinceramente que esse número seria bem maior, se não tivéssemos condicionado e restringido o acesso só para o pessoal de Rossas ou com ligação a Rossas. Mas, se assim não fosse perdia o significado que queria para a Liga, ela perdia a sua IDENTIDADE. E, nesse sentido estamos contentes com esse número significativo.

A nível competitivo considero que conseguimos melhorar porque aumentamos o número de competições que existem o que faz que mesmo participantes que já não tenham hipóteses de ser campeões na Premier, Champions ou Liga Europa, possam ser campeões da FA CUP ou da Mano-a-Mano. Essa ideia surgiu da parte do Rui Garrido e, teve enorme sucesso porque faz com que haja mais trofeus para se lutar e, assim, os participantes se tornem mais competitivos para tentar levar pelo menos um troféu para casa no final da temporada.

4. No fundo o que achas que é a RFL?
B. A. -- A RFL é uma liga de amigos que tem duas paixões em comum: O FUTEBOL e o CONVÍVIO.


5. Houve a nível externo quem tecesse críticas à RFL e apontasse falhas no critério de admissão dos participantes. Queres explicar isso?
B. A. -- Ainda bem que fizeste essa pergunta, assim esclareço esta situação de uma vez por todas. Para começar, dizer que Deus que é Deus não agradou a todos, quanto mais eu!!! Logo a minha função aqui enquanto Mentor é fazer o que a Comunidade da RFL deseja e o meu grande objectivo é que os participantes da RFL se sintam bem nela e parte integrante da mesma.

A RFL foi fundada por mim com o objectivo de juntar amigos meus para jogar este jogo online. Em 2008 na 1ª temporada participaram apenas 9 concorrentes: Eu e mais 8 amigos meus, que não eram exclusivamente de Rossas. Como vi o entusiasmo de quem participou na Liga, decidi aumentar o número de participantes na RFL e convidei muitos amigos meus, entre os quais o Miguel Brandão e o Garrido, que tal como já referi deram outra projecção à RFL, o que veio a aumentar drasticamente o número de participantes. Tal como tinha imaginado, a 2ª temporada foi um sucesso e muita gente quis começar a fazer parte da RFL. No entanto, como em tudo na vida esse sucesso e essa procura de pessoas para participar na RFL trouxe alguma confusão e alguns dissabores porque houve participantes que começaram a querer sair, porque com o alargar do número de participantes estava-se a perder a essência da Comunidade.

Nesse sentido, na temporada (2011/12) reuni com o Miguel Brandão e o Rui Garrido no sentido de darmos um rumo à RFL e, dessa reunião concluímos que iríamos restringir a Liga apenas a pessoal de Rossas ou com ligação a Rossas desde essa temporada para a frente. Porque esse critério? Porque a liga chama-se Rossas Fantasy League e é destinada às pessoas de Rossas. No entanto, como é óbvio não íamos expulsar os jogadores que já participavam na RFL, que não eram de Rossas, esses ficaram com o nome de PIONEIROS.

Talvez, tenha sido por aí que tenha dado maior confusão, porque as pessoas que queriam entrar e que nós não permitíamos, viam pessoas que não eram de Rossas na Liga e também houve pessoal que só queria entrar na Liga de Rossas por causa dos Prémios que são muito chamativos/apelativos.

Foi uma decisão que tivemos que tomar e, sinceramente, na minha opinião foi a mais acertada, a melhor decisão que alguma vez poderíamos ter tido. Essa selectividade fez com que o grupo seja mais pequeno, onde a maioria dos participantes se conhece o que tornou a Liga mais familiar e, por conseguinte, mais saudável.


6. No teu entender, como mentor, qual achas ser o ponto forte da RFL?
B. A. -- Apesar de haver mais e de poder ser injusto, destaco 4 pontos fortes:

-- União e cordialidade de todos os participantes, apesar das bocas para barulho (sempre saudáveis e de salutar);

-- Abertura total para qualquer participante dar sugestões para o melhor funcionamento desta. E, muitos das inovações e progressos que têm acontecido ao longo destes últimos anos, todos provêm de sugestões dos participantes;

-- Prémios Mensais para o Melhor Treinador e Prémios Anuais para os Vencedores das diversas competições da RFL (são cinco, a saber: Campeão da Rossas Premier League, Campeão da Mano-a-Mano Rossas PremierLeague, Campeão da FA Cup, Campeão da Rossas Liga Europa e Campeão da Rossas Champions League).

-- Convívio final de temporada... que é o que maioria dos participantes espera ansiosamente durante a temporada.


7. O que esperas pró futuro da RFL?
B. A. -- O futuro da RFL depende do que as pessoas que fazem parte da Comunidade quiserem fazer dela. Acredito que o futuro seja risonho porque neste último convívio senti o pessoal animado e a dar sugestões para melhorar ainda mais o funcionamento e organização da mesma, arriscaria até a dizer que este (28 MAI’16) foi o melhor de sempre, dado o feedback de todos os que nele participaram.

Sinceramente sinto que a RFL está no bom caminho e, por isso, sinto boas sensações relativamente ao futuro desta comunidade.


8. Em que é que achas que esta ainda pode melhorar?
B. A. -- Como referi anteriormente, o que a RFL tem melhorado é na maior parte da vezes devido às sugestões dos participantes. Dando um exemplo: devido a uma sugestão do Pedro Oliveira ficou definido que os convívios seriam na data da Final da Liga dos Campeões para juntar todos os participantes e assistirmos à Final. Nesta temporada que findou fizemos o convívio nessa data (28 MAI’16) e assistimos à vitória do REAL MADRID sobre o ATLÉTICO MADRID após a marcação das Grandes Penalidades (já na época transacta, 2014/15, tínhamos realizado o Convívio no dia 06 JUN’15 e aí assistimos à Vitória do BARCELONA FC perante a JUVENTUS DE TURIM).

Foi uma iniciativa de enorme sucesso e, nesse sentido, continuaremos com essa sugestão ficando já convidados todos os participantes da RFL a vir a um convívio-extra, que terá lugar no dia 10 de Julho de 2016, em que iremos assistir à Final do EURO 2016..

Temos ideias para melhorar ainda mais a RFL e iremos implementar algumas dessas ideias na próxima temporada, no entanto, serão reveladas na altura oportuna.

Agora aquilo que eu considero importante melhorar e, volto a reforçar a ideia, é de todos os participantes serem mais competitivos para tornar a Liga ainda mais interessante. Apesar de já termos algumas ideias que ajudam a proporcionar isso, como por exemplo os Prémios para o melhor Treinador do Mês (Sumos, Pack de Minis, etc.) e 5 Competições que correspondem a 5 Troféus que qualquer participante pode ganhar, iremos implementar mais uma nova ideia esta temporada que vai nesse sentido. Mas, o fundamental para que a competitividade aumente parte sobretudo da vontade dos participantes em levar este campeonato online mais a sério.


9. Quem achas que vai ser o próximo Campeão da Rossas Premier League (Época 2016/17)?
B. A. -- Essa é a resposta mais fácil: EU (risos)... Vou ser Bi-Campeão.

Sinceramente não sei até porque todos os anos temos tido um campeão diferente. Ainda não tivemos um treinador que conseguisse vencer o campeonato 2 anos consecutivos (mas Eu gosto de desafios, vamos ver aquilo que Eu consigo fazer…) logo não é fácil prever quem será campeão.

Agora posso afirmar quem não será campeão de certeza: Paulo Gonçalves (‘NuTTer’), Fernando Tavares (‘Chiclas’), Rui Garrido, Zé Filipe, Miguel Teixeira (‘Tyra’), Pedro Oliveira, Ayrton Antunes e claro está o Rui Zé Rodrigues (Risos).


10. Uma mensagem que queiras deixar a todos os participantes.
B. A. -- A mensagem que quero deixar ao pessoal é que lutem pelo 2º Lugar porque o primeiro está entregue... a mim. (Risos).

Agora uma mensagem a sério: Sei que os participantes na RFL gostam de fazer parte desta Comunidade, no entanto, lanço um apelo para que sejam mais participativos e competitivos levando a competição mais a sério para ainda ser mais engraçada esta temporada que se avizinha. Aproveito para desejar uma boa temporada fantasyana a todos os treinadores da nossa RFL. LUME


11. Esta última Época de 2015/16, parece ter sido recheada de êxitos para Ti. Estabeleceste novos recordes, se não vejamos, novo recorde máximo de pontos na Premier, recorde na distância para o 2º lugar, recorde na conquista do nr de Troféus: 3 de uma assentada. Poderia ter sido melhor ou estás satisfeito?
B. A. -- Poderia ter sido melhor, se juntasse ao que ganhei (Rossas Premier League e Rossas FA CUP) a Liga dos Campeões, a Mano-a-Mano e a Liga Europa (Risos).

Agora a sério…foi uma temporada fantástica por tudo o que ganhei e pelos recordes que consegui bater como tu bem referes. Conseguir ficar em 3º a nível nacional foi algo tremendo, mas ficou um amargo de boca, porque bastava mais um golinho do Rooney na última jornada e era campeão nacional…mas ficar no pódio é um motivo de orgulho! Conclusão: considero que tive uma temporada difícil de repetir, mas não é IMPOSSIVEL!!


12. E o novo Troféu, o PRÉMIO REVELAÇÃO DO ANO, queres falar sobre ele? Em que consiste? Quais os critérios de Selecção/Nomeação?
B. A. -- O Prémio Revelação do Ano, foi uma novidade nesta temporada, sugerida pelo Garrido e que faz grande sentido e teve grande sucesso, e como o próprio nome indica vai para o participante que se destaca durante a temporada.

São seleccionados 3 participantes que se destacaram durante a temporada, e depois no convívio final, os participantes que foram ao convívio votam num dos 3 nomeados e aquele que tiver mais votos leva o troféu para casa.

Este ano fui selecionado pela temporada tremenda que fiz, em que bati muitos recordes e sobretudo pela classificação que fiz a nível nacional e, na votação só ganhei por 1 voto. É outra forma de apelar aos participantes da comunidade da RFL a vir aos convívios para poder ser parte activa na selecção deste troféu.

Os Critérios a ter em conta para a escolha dos nomeados ao Prémio são muito simples. Os nomeados serão escolhidos pelo seu desempenho durante toda a época, por exemplo este ano os nomeados tiveram todos papéis distintos: o primeiro, DINIS BRANDÃO, foi pelo facto de ter sido o ‘rookie’ do ano, entrou e logo na época da estreia fez 1.903 pts e conquistou um brilhante 13º lugar na geral; o segundo, PAULO J. BRANDÃO, foi pela sua regularidade ao longo de toda a época, 4º lugar na Premier com 2.027 pts, 5º lugar na Mano-a-Mano, chegou aos ¼ Final da FA CUP, Venceu a Liga Europa e ficou em 3º na Champions, ou seja, lutou nas 5 frentes até ao fim; O Terceiro nomeado, BRUNO ANTUNES, Campeão da Premier com 2.329 pts, o melhor de sempre (recorde batido), maior distância para o 2º lugar (208 pts de diferença para o 2º lugar), 3º classificado a nível nacional e vencedor da FA CUP.


13. O que esperas deste Europeu 2016? Quem achas que vai brilhar mais? Quem pensas serem os principais candidatos? Queres arriscar num prognóstico, num Vencedor?
B. A. -- Arriscar no Vencedor é complicado porque depende de vários factores, no entanto, considero a Alemanha, França e Espanha as principais candidatas…e acredito que uma delas será campeã.

Acredito num Europeu com jogos muito equilibrados, porque tirando o Grupo de Portugal e o da França onde há claros favoritos a passar à fase do ‘mata-mata’, os restantes grupos são muito equilibrados e nesse sentido acredito em muitas surpresas neste Europeu.

A nível de jogadores estou curioso para ver a participação do Pogba e do Grizemann, por o Europeu ser em casa deles! Acredito que vão brilhar!!!


14. E na Fantasy, quem serão os principais Candidatos neste Euro’2016? Aqueles que se apresentarão mais fortes? E Outsiders, haverá algum?
B. A. -- Principal candidato sou eu (Risos)!! Sinceramente acho que um dos principais candidatos é o Bruno Martins, é que esse está sempre na luta em tudo o que se chama Fantasy e o Vítor Hugo porque ele é Bi-Campeão Mundial da Rossas Fantasy…normalmente é muito forte neste tipo de competição.

Outsiders existem sempre, talvez um Paulito Gomes (que vem em crescendo de temporada para temporada), o Miguel Brandão, o Rui Garrido e o Miguel Teixeira.

Mas no fim acho que será para o Rossas Cenário Team  (Risos)


15 Por fim, como te sentes ao saberes que és apenas o TERCEIRO MELHOR JOGADOR DA FANTASY A NÍVEL NACIONAL? Foi muito bom ou acabou por te saber a pouco (visto teres ficado a escassos 4 pts da Vitória Geral)?
B. A. -- Divido essa questão em dois momentos:
O primeiro momento acabou por saber a pouco, porque fiquei aziado por faltar tão pouco para poder ter feito algo memorável – algo que dificilmente voltaria a ser feito!

Num segundo momento e mais a frio, acabei por ficar contente e orgulhoso porque fiz uma Premier Fantasy League impressionante…semana após semana ia conseguindo ombrear com os 10/20 primeiros a nível nacional e em Fevereiro assumi perante a comunidade da RFL que ia lutar para ficar nos 10 primeiros, que passou a ser um objetivo claro para mim. Por isso, ficar em 3º a nível nacional foi Tremendo! Uma sensação espectacular e que será difícil repetir… mas pensando bem, assim terei mais hipóteses de bater esse recorde do que se ficasse em primeiro no futuro (Risos).

VII Convívio da ROSSAS Fantasy League


Teve lugar, no passado dia 28 de Maio’16, Sábado, a partir das 17h30m, no Parque de Lazer de Sinja – ROSSAS, mais um Convívio anual, já o SÉTIMO, da ROSSAS FANTASY LEAGUE.








Este Convívio anual tem como finalidade encerrar a época futebolística que terminou (2015/16) e ao mesmo tempo ‘abrir’ e nos preparar a nós participantes deste tão ambicionado e apetecível jogo para a nova época (2016/17) que aí se avizinha.



Ora este já tradicional encontro foi mais uma vez pautado pela camaradagem, amizade, união, partilha e boa disposição como já vem sendo habitual. Começou com a habitual ‘peladinha’ que devido ao mau tempo este ano não se realizou no Campo de Sinja, como vem sendo habitual todos os anos, mas sim no Pavilhão da Casa do Povo de Arouca. Seguiu-se as habituais e apetitosas fêveras, até que às 19h45m foi o momento ‘solene’, de parar tudo e as atenções se centrarem na TV, para assim assistir à Final da Champions League entre as equipas espanholas da Capital de Madrid, o ATLÉTICO MADRID (‘os colchoneros’) e o REAL DE MADRID (‘os merengues’).



Jogo com muita emoção até ao final e muito táctico, tudo muito bem calculado já que quer uma quer outra equipa tinha medo de ao cometer um erro deitar tudo a perder. Os ‘merengues’ adiantaram-se no marcador ao quarto-de-hora de jogo (15’) por intermédio do seu capitão, o defesa espanhol SÉRGIO RAMOS mas quando faltavam apenas onze minutos (79’) para o término da partida, o belga YANNICK CARRASCO empata a partida, forçando assim a prolongamento. Mais meia hora de futebol que nada alterou, sem golos. Na lotaria da marcação das grandes penalidades a sorte sorriu ao REAL DE MADRID que venceu o ATLÉTICO por 5-3, sendo o penalty decisivo convertido pelo astro português, CRISTIANO RONALDO.






E por falar em Prémios, aqui deixo a Lista dos Premiados da RFL, desta Época que agora finda.



ROSSAS PREMIER LEAGUE 15/16

1º ‘Rossas Cenário Team’ (BRUNO ANTUNES) 2.329 pts



MANO-A-MANO ROSSAS PREMIER LEAGUE 15/16

1º ‘Mourinho’s Team’ (BRUNO MARTINS) 69 pts (23V, 0E,10D)



FA CUP (TAÇA DA LIGA INGLESA DA RFL) 15/16 (Final)

‘Acima do Bruno!!!!!!’ (RUI ZÉ RODRIGUES) ‘35 – 62 Rossas Cenário Team’ (BRUNO ANTUNES) 



ROSSAS LIGA EUROPA 15/16

1º ‘Dínamo da Barroca’ (PAULO JORGE BRANDÃO) 569 pts



ROSSAS CHAMPIONS LEAGUE 15/16

1º ‘Ases da Alameda’ (ANTÓNIO A MATOS) 572 pts




Vencedores do Prémio Mensal (da Premier Rossas Fantasy)



AGO’15 – ‘Equipa de futebol’ (RUI MARCOS ANTUNES) 243 pts

SET’15 – ‘FC Team’ (FRANCISCO COSTA) 157 pts

OUT’15 – ‘Rossas Cenário Team’ (BRUNO ANTUNES) 321 pts

NOV’15 – ‘FC Team’ (FRANCISCO COSTA) 229 pts

DEZ’15 – ‘Ze_Paço_City’ (ZÉ FILIPE ALMEIDA) 358 pts

JAN’16 – ‘Moldes City’ (RÚBEN MATOS) 224 pts

FEV’16 – ‘PedrOliveira’ (PEDRO OLIVEIRA) 264 pts

MAR’16 – ‘Acima do Bruno!!!!!!’ (RUI ZÉ RODRIGUES) 263 pts

ABR’16 – ‘TROIKA FC’ (ZÉ LUÍS VIEIRA) 374 pts

MAI’16 – ‘Rossas Cenário Team’ (BRUNO ANTUNES) 161 pts




Por último gostaria de agradecer à: ‘TX SPORT’ na pessoa do seu Gerente, António Teixeira, com o profissionalismo com que sempre idealiza os nossos Troféus; Ao GCR ROSSAS na pessoa do seu Presidente MÁRIO SOARES por nos ter disponibilizado as Instalações da Associação (o que já vem sendo habitual desde que esta existe) para podermos realizar o nosso Convívio; E também à JF ROSSAS, na pessoa do seu Presidente ZÉ PAULO OLIVEIRA por nos ceder o Campo e o Balneário, essenciais para a nossa peladinha (embora desta vez não o tenhamos utilizado, mas foi-nos posto à disposição).





Pró ano há mais, continuação de bons jogos, grande abraço e Saudações Fantasianas Rossenses. Um bem-haja para todos aqueles que fazem parte deste grupo. Rui Garrido



terça-feira, 26 de abril de 2016

MANO-A-MANO recta final... VENCEDOR 2016 e FA CUP

O ano passado foi assim:



O Campeão da MANO-A-MANO 2015 foi MIGUEL TEIXEIRA




Eis os 8 Apurados na data prá FA CUP...






Este ano foi... BEM DIFERENTE, senão vejamos:


Estes últimos resultados permitiram que tudo ficasse clarificado e que já se conseguissem encontrar não só o CAMPEÃO da MANO-A-MANO como também a LISTA DOS OITO MAGNÍFICOS que se conseguiram apurar para os QUARTOS-DE-FINAL DA FA CUP da RFL. E os Duelos vão ser os seguintes:




segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Dez Perguntas a: BRUNO ANTUNES (Entrevista ao Mentor da RFL)

Bruno Almeida Antunes, nasceu a 4 de Maio de 1983 (32 anos) em Paris (França), filho de emigrantes de Rossas – Arouca.

É formado em Educação Física e Desporto pelo ISMAI, tirou também o Curso UEFA BASIC - Nível II.

Treinou todos os escalões de formação do FCA, Esteve na Academia do Sporting CP em Vale Cambra, foi Coordenador do Departamento de Futebol Juvenil do FCA em 2013/2014, esteve a Scouting da equipa sénior do FCA nas temporadas 2012/2013 e 2013/2014. Na temporada passada (2014/15) foi treinador principal da equipa sénior da A.D. Valecambrense e esta temporada será o treinador principal do G.D.S.C. Alvarenga.

Este é o homem de quem se fala, pois é também e além de tudo o que aqui já foi dito, o Mentor (criador e dinamizador) da ROSSAS Fantasy League (RFL). Como estamos muito próximos do início de uma nova época futebolística (da Época 2015/16), resolvi colocá-lo ‘debaixo de fogo’ e lançar-lhe um questionário completo e objectivo de dez questões.



1. O que te levou a criar, em AGOSTO 2008, a Rossas Fantasy League (RFL)?
Bruno Antunes - Sempre fui um apaixonado pelo Futebol e em particular pela Premier League. Um dia ao visitar o site da Premier League, vi a existência deste jogo online. Achei interessante e falei com uns amigos para participarmos. Nascia assim a Rossas Fantasy League.


2. Qual era o teu objectivo principal, quando tomaste tal decisão?
Muito sinceramente? Diversão. Adorei a ideia de poder juntar uns amigos a divertirem-se com um jogo de futebol. E, sobretudo, sendo um jogo online onde até amigos que estejam distantes podem jogar e estar sempre ligados a nós, como veio realmente a suceder, até com pessoas que estão emigradas.


3. Esperavas muito sinceramente que a RFL atingisse a projecção que tem hoje e tivesse o sucesso que tem quer a nível da adesão (75 participantes até à data) quer a nível da competitividade?
Sinceramente não! Essa projecção só foi possível devido ao trabalho inexcedível do Miguel Brandão e do Rui Garrido, aos quais desde já faço louvor e agradeço do fundo do coração.

Relativamente a esse número de 75 participantes, acredito sinceramente que esse número seria bem maior, se não tivéssemos condicionado e restringido o acesso só para o pessoal de Rossas ou com ligação a Rossas. Mas, se assim não fosse perdia o significado que queria para a Liga, ela perdia a sua IDENTIDADE. E, nesse sentido estamos contentes com esse número significativo.

A nível competitivo, tirando os 3 primeiros Classificados que vão competindo entre si, os restantes participantes desistem cedo da luta pelo titulo...é algo que pretendemos melhorar.


4. No fundo o que achas que é a RFL?
A RFL é uma liga de amigos que tem uma paixão em comum: O FUTEBOL.


5. Houve a nível externo quem tecesse críticas à RFL e apontasse falhas no critério de admissão dos participantes. Queres explicar isso?
Ainda bem que fizeste essa pergunta assim esclareço esta situação de vez. Para começar dizer que Deus que é Deus não agradou a todos, quanto mais eu!!! Logo a minha função aqui enquanto Mentor é fazer o que a Comunidade da RFL deseja e o meu grande objectivo é que os participantes da RFL se sintam bem nela e parte integrante da mesma.

A RFL foi fundada por mim com o objectivo de juntar amigos meus para jogar este jogo online. Em 2008 na 1ª temporada participaram apenas 9 amigos meus, que não eram exclusivamente de Rossas. Como vi o entusiasmo de quem participou na Liga, decidi aumentar o número de participantes na RFL e convidei muitos amigos meus, entre os quais o Miguel Brandão e o Garrido, que tal como já referi deram outra projecção à RFL, o que veio a aumentar drasticamente o número de participantes. Tal como tinha imaginado, a 2ª temporada foi um sucesso e muita gente quis começar a fazer parte da RFL. No entanto, como em tudo na vida esse sucesso e essa procura de pessoas para participar na RFL trouxe alguma confusão e alguns dissabores porque houve participantes que começaram a querer sair, porque com o alargar do número de participantes estava-se a perder a essência da Comunidade.

Nesse sentido, na temporada (2011/12) reuni com o Miguel Brandão e Rui Garrido no sentido de darmos um rumo à RFL e, dessa reunião concluímos que iríamos restringir a liga apenas a pessoal de Rossas ou com ligação a Rossas desde essa temporada para a frente. Porque esse critério? Porque a liga chama-se Rossas Fantasy League e é destinada às pessoas de Rossas. No entanto, como é óbvio não íamos expulsar os jogadores que já participavam na RFL que não eram de Rossas, esses ficaram com o nome de PIONEIROS.

Talvez, tenha sido por aí que tenha dado maior confusão, porque as pessoas que queriam entrar e que nós não permitíamos, viam pessoas que não eram de Rossas na liga e também houve pessoal que só queria entrar na Liga de Rossas por causa dos prémios que são muito chamativos/apelativos.

Foi uma decisão que tivemos que tomar e, sinceramente, na minha opinião foi a mais acertada, a melhor decisão que alguma vez podíamos ter tomado. Essa selectividade fez com que o grupo seja mais pequeno, onde a maioria dos participantes se conhece o que tornou a Liga mais familiar e, por conseguinte mais saudável.



6. No teu entender, como mentor, qual achas ser o ponto forte da RFL?
Apesar de haver mais e de poder ser injusto, destaco 4 pontos fortes:

-- União e cordialidade de todos os participantes, apesar das bocas para barulho (sempre saudáveis e de salutar);

-- Abertura total para qualquer participante dar sugestões para o melhor funcionamento desta. E, muitos doas inovações e progressos que têm acontecido ao longo destes últimos anos, todos provêm de sugestões dos participantes;

-- Prémios mensais para o melhor Treinador e prémios anuais para os vencedores das diversas competições da RFL (são cinco, a saber: Campeão da Rossas Premier League, Campeão da Mano-a-Mano Rossas PremierLeague, Campeão da FA Cup, Campeão da Rosas Liga Europa e Campeão da Rossas Champions League..

-- Convívio final de temporada...que é o que maioria dos participantes espera ansiosamente durante a temporada.


7. O que esperas pró futuro da RFL?
O futuro da RFL depende do que as pessoas que fazem parte da Comunidade quiserem fazer dela. Acredito que o futuro seja risonho porque neste último convívio senti o pessoal animado e a dar sugestões para melhorar ainda mais o funcionamento e organização da mesma.

Sinceramente sinto a RFL no bom caminho e, por isso, sinto boas sensações relativamente ao futuro desta comunidade.


8. Em que é que achas que esta ainda pode melhorar?
Como referi anteriormente, a RFL o que tem melhorado foi na maior parte da vezes sugestões dos participantes. Dando um exemplo: devido a uma sugestão do Pedro Oliveira ficou definido que os convívios seriam na data da final da Liga dos Campeões para juntar todos os participantes e assistirmos à final. Nesta temporada que findou fizemos o convívio nessa data (06 JUN’15) e assistimos à vitória do Barcelona perante a Juventus.

Foi uma iniciativa de enorme sucesso e, nesse sentido, continuaremos com essa sugestão ficando já convidados todos os participantes da RFL a vir ao convívio dia 28 de Maio de 2016.

Temos ideias para melhorar ainda mais a RFL e iremos implementar algumas dessas ideias ainda esta temporada, no entanto, serão reveladas na altura oportuna.

Agora aquilo que eu considero importante melhorar e, volto a reforçar a ideia, é de todos os participantes serem mais competitivos para tornar a liga ainda mais interessante. Apesar de já termos algumas ideias que ajudam a proporcionar isso, como por exemplo os prémios para o melhor treinador do mês (Sumos, pack de Minis, etc.), iremos implementar mais uma nova ideia esta temporada que vai nesse sentido. Mas, o fundamental para que a competitividade aumente parte sobretudo da vontade dos participantes em levar este campeonato online mais a sério.


9. Quem achas que vai ser o próximo Campeão da Rossas Premier League?
Essa é a resposta mais fácil: EU (risos)...

Sinceramente não sei até porque todos os anos temos tido um campeão diferente. Ainda não tivemos um treinador que conseguisse vencer o campeonato 2 anos seguidos, logo não é fácil prever quem será campeão.

Agora posso afirmar quem não será campeão de certeza: Paulo Gonçalves (NuTTer), Fernando Tavares (Chiclas), Rui Garrido, Zé Filipe, Miguel Teixeira (Tyra), Jorge Costa (Chupas), Pedro Oliveira, Ayrton Antunes e claro está o Rui Rodrigues (Risos).


10. Uma mensagem que queiras deixar a todos os participantes.
A mensagem que quero deixar ao pessoal é que lutem pelo 2º Lugar porque o primeiro está entregue... a mim. (Risos).

Agora uma mensagem a sério: Sei que os participantes na RFL gostam de fazer parte desta Comunidade, no entanto, lanço um apelo para que sejam mais participativos e competitivos levando a competição mais a sério para ainda ser mais engraçada esta temporada que se avizinha. Aproveito para desejar uma boa temporada fantasyana a todos os treinadores da nossa RFL. LUME




terça-feira, 16 de junho de 2015

Artigo no DISCURSO DIRECTO: "VI Convívio da ROSSAS Fantasy League - JUN'15

Mais uma vez a RFL (ROSSAS Fantasy League a se demarcar de todas as outras Ligas e a mostrar toda a sua garra e força presente nos seus elementos.
Notícia publicada na página 3, do 'DD' (Jornal DISCURSO DIRECTO) do dia 12 JUNHO '15, alusiva a mais um Convívio entre a Malta da RFL
Relato do que se passou no Convívio e no fim ainda palavras de agradecimento:
-- aos elementos deste Grupo (principalmente ao Bruno Antunes e ao Miguel Brandão) ao seu espírito de camaradagem, união e competição, pois fazem desta competição algo mt alegre, engraçado e contagiante/viciante (que vale bem a pena)
-- Ao Mário Soares (Presidente do GCRR) por nos ceder as Instalações da Associação para realizar o Convívio;

-- Ao José Paulo Oliveira (Presidente da JF Rossas) por nos ceder o Campo de Futebol de Sinja e os Balneários para podermos realizar a Peladinha. Assim como ao Sr. Joaquim da Lomba (que no nosso meio rossensse é conhecido por outro nome, apelido, por isso não o vou aqui divulgar, mas penso que assim toda a gente sabe de quem se trata.  tongue emoticon)) por ter saído do seu conforto para nos abrir as portas dos balneários e no final da ppeladinha ir lá de novo, para os fechar, também o nosso Obrigado;

-- E por último ao António Teixeira, Gerente da TX SPORT, pelo profissionalismo com que sempre idealiza os nossos Troféus.
Um bem-haja pra todos e pró ano cá estaremos de novo com ainda mais garra e ainda mais surpresas boas...
KEEP CALM AND... ENJOY THE GAME

ROSSAS FOREVER 
wink emoticon
Atentamente, RG

terça-feira, 9 de junho de 2015

VI Convívio da ROSSAS Fantasy League

Teve lugar, no passado Sábado, dia 06 de Junho a partir das 17h30m, no Parque de Lazer de Sinja – ROSSAS, mais um Convívio anual, já o SEXTO, da ROSSAS FANTASY LEAGUE.



Este Convívio anual tem como finalidade encerrar a época futebolística que terminou (2014/15) e ao mesmo tempo ‘abrir’ e nos preparar a nós participantes deste tão ambicionado e apetecível jogo para a nova época (2015/16) que aí se avizinha.





Ora este já tradicional encontro foi mais uma vez pautado pela camaradagem, amizade, união, partilha e boa disposição como já vem sendo habitual. Começou com a habitual ‘peladinha’ no Campo de Sinja que terminou com uma abençoada e inesperada chuva, dado o calor que se fazia sentir e também pela ausência de trovoada, nada o faria prever. 



Seguiu-se as habituais e apetitosas fêveras, até que às 19h45m foi o momento ‘solene’, de parar tudo e as atenções se centrarem na TV, para assim assistir à Final da Champions League entre as equipas, espanhola da Catalunha, o BARCELONA FC (‘blaugrana’) e da italiana de Turim, a JUVENTUS (‘vechia signora’).


Jogo com muita emoção até ao final e muito bem disputado, Os ‘Blaugrana’ venceram por 3-1 com golos de Rakitic, Suárez e Neymar Jr. contra o tento solitário de Morata. Para encerrar este Convívio e antes de termos ido lavar a louça, procedemos à entrega dos tão esperados e famosos prémios.





E por falar em Prémios, aqui deixo a Lista dos Premiados da RFL, desta Época que agora finda.


ROSSAS PREMIER LEAGUE 14/15


1º ‘F.C.CUMIEIRA’ (SÉRGIO VIEIRA) 2.012 pts





MANO-A-MANO ROSSAS PREMIER LEAGUE 14/15


1º ‘G.C.R.Rossas’ (MIGUEL TEIXEIRA) 76 pts




FA CUP (TAÇA DA LIGA INGLESA DA RFL) 14/15 (Final)


‘S.C. Toita (‘PAULITO’ GOMES) 42 – 47 ‘Avião de Papel’ (MIGUEL BANDÃO)



ROSSAS LIGA EUROPA 14/15


1º ‘TROIKA’ (ZÉ LUÍS VIEIRA) 687 pts




ROSSAS CHAMPIONS LEAGUE 14/15


1º ‘DUARTE/MARIA-PICHORITOS’ (VÍTOR A AZEVEDO) 746 pts




Por último gostaria de agradecer à: ‘TX SPORT’ na pessoa do seu Gerente, António Teixeira, com o profissionalismo com que sempre idealiza os nossos Troféus; Ao GCR ROSSAS na pessoa do seu Presidente MÁRIO SOARES por nos ter disponibilizado as Instalações da Associação (o que já vem sendo habitual desde que esta existe) para podermos realizar o nosso Convívio; E tb à JF ROSSAS, na pessoa do seu Presidente ZÉ PAULO OLIVEIRA por nos ceder o Campo e o Balneário, essenciais para a nossa peladinha.




Pró ano há mais, continuação de bons jogos, grande abraço e Saudações Fantasianas Rossenses. Um bem-haja para todos aqueles que fazem parte deste grupo. Rui Garrido